07/11/2016

Vigilante: Boku no Hero Academia Illegals - O spin-off que supera a série principal!?

Este é o submundo que os heróis licenciados não alcançam.


Vigilante: Boku no Hero Academia Illegals foi lançando em Agosto de 2016 no volume 3 da Shounen Jump Giga. Seu primeiro capitulo é numero como 0 e é uma introdução que já deixa bem claro qual o assunto do spin-off e quem são seus personagens principais.

A partir do capitulo 1 vemos que o roteiro de Hideyuki Furuhashi não perde tempo explicando que mundo é este e o que são vigilantes, a história é fluida e rápida em nos mostrar qual a trama condutora deste spin-off (sério, até o momento só temos dois capítulos e a trama já esta praticamente servida!), some isso com a ótima arte de Court Betten, a qual não destoa grosseiramente do original, e temos um ótimo material complementar para Boku no Hero Academia.


Shonen Jump Giga vol.3
O protagonista da vez é o Kouichi, um estudante de 19 anos com design tão genérico quanto um figurante, ele é igualzinho ao Midoriya em essência, logo só mais um fã do All Might que quer ser como o ídolo, só que diferente do Midoriya, Kouichi já tem um dom, mas como ele mesmo fala o dom dele "não serve pra ser herói", pois ele é basicamente como aquele inseto que desliza na água. No entanto, mesmo ele sendo só um estudante com um dom meia boca, ele ainda quer e ajuda as pessoas através de boas ações (ajudar crianças perdidas, devolver objetos perdidos, dar direções, recolher o lixo...), ele até ganhou o nome de Homem Bondade (Shinsetsu Man) das pessoas. Só que mesmo ele sendo dedicado em ajudar pessoas, ele ainda não é um herói, ele é só um cara qualquer com um dom dentre milhões com um dom melhor que o dele.

Através de Kouchi, Vigilante nos revela aquele lado marginalizado do mundo do heroísmo, aquele onde age quem pode e quem aguenta porque os "heróis de verdade" estão ocupados com coisas mais importantes do que algo tão corriqueiro como alguém sendo assaltado ou estuprado num beco qualquer a noite; é por essas situações que os heróis fora da lei surgem, justiceiros como Pop StepKnuckle Duster que agem por conta fazendo justiça com as próprias mãos.


Este spin-off tem uma ótima chance de dar maiores camadas ao mundo de Boku no Hero Academia, afinal estamos num universo onde todos tem algum tipo de poder e que há vilões e heróis se quebrando no meio da rua, claramente teria heróis sem licença neste mundo lidando com problemas que estão além do protagonista que ainda esta treinando para ser o que estes vigilantes já são: Heróis.


Ainda é muito cedo para bater o martelo e dizer que a história aqui é melhor que a principal, mas, para mim, Vigilante tem um apelo maior e mais interessante porque estamos falando de situações mais palpáveis que estudantes aspirantes a super heróis, estamos falando de pessoas clandestinamente tentando manter a segurança de pessoas e de onde vivem do jeito que podem tendo elas um dom ou não.

Espero que os personagens desse Spin façam aparições em BNHA também, não só por história, mas porque depois de ver no twitter o desenho do trio principal feito pelo próprio Horikoshi, fiquei com muita vontade de ver Kouichi e Midoriya se cruzando na obra principal, afinal o que é mais herói que heróis se ajudando num crossover super fanservice?

Nenhum comentário

Postar um comentário

Deixe um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...