12/03/2016

A dublagem e a fanbase de Miraculous Ladybug

O estúdio que dubla Ladybug é o Beck Studios que fica no Rio de Janeiro, o qual dubla grande parte das séries do canal Gloob (praticamente quase todas as séries listadas no site do estúdio são do Gloob) e o elenco escolhido para a série tem nomes de peso como Luísa Palomanes e Guilherme Briggs, mas isso tem pouca importância para a fanbase que se rasga de ódio por detalhes, sejam estes importantes ou não.



O elenco brasileiro:

  • Marinette/Ladybug - Jéssica Vieira
  • Adrien/Chat Noir - Fabrício Vila Verde
  • Tikki - Isabelle Cunha
  • Plagg - Luiz Sérgio
  • Hawk Moth - Guilherme Briggs
  • Alya - Luísa Palomanes
  • Nino - Gustavo Pereira
  • Chloe - Bruna Laynes
  • Sabrina - Helena Palomanes
  • Manon - Alice Lieban
  • Senhorita Bustier - Sylvia Salustti
  • Nathaniel - Yan Gesteira

Como já era de se esperar, a tradução de Miraculous Ladybug não agradou a fanbase que até então acompanhava a série pelos fansubs. Algo que devo destacar é que a fanbase não é formada pelo publico alvo do canal Gloob, o qual é de crianças menores de 12 anos, logo, é até esperado que adaptações como "hora de aniquilar a maldade" não caiam no gosto da fanbase, no entanto, os comentários que tem no youtube apenas xingando e reclamando da dublagem são estúpidos, no minimo. Os fãs chatos que se acostumaram a ler as legendas nos fansubs não parecem entender que a série dublada não vai ter TODOS os termos conhecidos por eles, alguns foram mantidos e outros foram adaptados, mas a cereja do bolo desses comentários não é as reclamações sobre isso, mas as reclamações sobre as vozes escolhidas para o elenco. "Nunca vou acostumar com isso", "Marinette parece mais velha com essa voz", "Essa voz não combina" e por ai vai piorando.

Esses três tipos de reclamações são tão comuns em qualquer fanbase que se tornam irrelevantes, não vale o esforço comentar sobre elas, mas tem uma reclamação fora dessas que precisa ser comentada porque que se relaciona com a questão sobre tradução e adaptação, é aqui que, em minha opinião, há um problema, na verdade, dois.

Primeiro problema: Considerando só as versões francesas, norte americanas e coreana, Laybug, Chat Noir, Akuma e Lucky Charm são termos que se mantem inalterados entre ambas as versões, então o termo Lucky Charm, que aqui virou Talismã, devia ter permanecido como Lucky Charm. Isso é uma questão de padronização.

Obs: Outro detalhe em que os fãs caem matando é sobre o nome do ataque do Chat Noir cuja a tradução é Cataclismo, queridos fãs, Cataclismo não esta errado, é Cataclismo mesmo, não Cataclisma. Cataclisma é uma forma errada de falar que virou costume e que é considerada certa apenas porque as pessoas se habituaram a fala-la mais do que a forma correta.

Segundo problema: Uma forte reclamação da fanbase é sobre a pronuncia dos nomes da dupla protagonista. Antes de falar sobre o problema, preciso posicionar um ponto: Miraculous Ladybug é uma serie feita com a parceira entre vários estúdios de vários países, mas é uma serie francesa, tanto que o cenário dela é a própria Paris, logo podia haver um esforcinho em se manter a pronuncia francesa dos nomes, ou ao menos não importar a pronuncia dos norte americanos porque, francamente, "Leiribug" é detestável! Na dublagem brasileira todos os personagens falam "Leiribug" (a própria cantora na abertura grita "Leiribug") invés de "Ladybug" e este é o principal problema apontado pelos fãs nos comentários do youtube, é por causa desse detalhe que os fãs ficam falando que "a dublagem é uma droga" e esta frase esta erradíssima, pois a dublagem esta ótima, os dubladores fizeram um maravilhoso trabalho, o que esta ruim é a adaptação.

Estes seriam os únicos problemas realmente destacáveis em minha opinião, pois de resto, não há do que reclamar, a dublagem é ótima e a interpretação também, talvez, com o tempo, o povo se acalme e pare de xingar a nossa dublagem só porque cortaram "My lady" ou porque o Chat não fala "Cataclisma".

Nenhum comentário

Postar um comentário

Deixe um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...